/ Notícias

Como doar para o financiamento de pesquisas clínicas

10 de julho de 2020 – Para facilitar o recebimento de doações recorrentes, o Instituto Projeto Cura disponibiliza uma ferramenta (PayPal) que pode ser utilizada por doadores no Brasil como também no exterior. Por meio do sistema, as pessoas podem se programar para que a doação seja debitada mensalmente.

A captação de recursos é um dos trabalhos desenvolvidos pelo Cura, cujo propósito é contribuir para a realização de estudos clínicos na busca de novos tratamentos para o combate ao câncer. O projeto também atua na conscientização sobre a importância da pesquisa clínica e no desenvolvimento da cultura da filantropia na América Latina.

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), no triênio 2020-2022, o Brasil terá 625 mil novos casos de câncer a cada ano. Os mais incidentes serão os de mama e de próstata (66 mil cada), cólon e reto (41 mil), pulmão (30 mil) e estômago (21 mil), excetuando o câncer de pele não melanoma (177 mil casos novos).

O câncer de cabeça e pescoço, que será alvo em breve de campanha do Cura, registra 1,3 milhão de novos casos no mundo por ano. No Brasil, é o terceiro tumor mais frequente nos homens (boca e laringe) e o quinto nas mulheres (tireoide).

Nesse cenário, cada centavo doado é importante para a descoberta de novos tratamentos. Segundo a presidente do Cura, Fernanda Schwyter, “no Brasil, é necessário avançar muito para que se alcance os padrões internacionais no desenvolvimento de pesquisas clínicas”.

Fernanda explica que a participação em um estudo clínico pode ser a única chance de vida de muitos pacientes que não encontram resultados satisfatórios nos tratamentos convencionais.

Recursos recebidos pelo Cura, por meio de doações, já apoiaram o início de uma pesquisa de câncer de mama e uma de próstata, coordenadas pelo LACOG (Grupo latino-americano de Oncologia).

Clique aqui para doar.