Prêmio FIP-SBOC reconhece Projeto Aceleração, inovador no Combate ao Câncer de Mama durante o Congresso SBOC 2023

Durante a cerimônia oficial do Congresso SBOC 2023, no dia 17 de novembro, o Prêmio FIP-SBOC foi entregue a projetos notáveis ​​que se destacaram significativamente para o enfrentamento do câncer no Brasil. Entre os agraciados, o Projeto Aceleração se destacou como uma iniciativa promissória para acelerar o diagnóstico e tratamento do câncer de mama no país.

O Projeto Aceleração, liderado pelo Dr. José Bines e tendo o Instituto Projeto Cura como co-realizador, recebeu o reconhecimento e doação de R$ 150 mil, para a sua Fase 2, do Fundo de Incentivo à Pesquisa (FIP) da SBOC. Este Fundo visa apoiar o desenvolvimento de estudos e iniciativas brasileiras de pesquisa oncológicas com foco na diminuição das disparidades e na busca da equidade de acesso a tratamentos.

Projeto Aceleração

Iniciando em 2022, na sua fase inicial, o Projeto Aceleração reuniu uma parceria fundamental com a equipe de saúde da Clínica de Família Zilda Arns, no Complexo do Alemão. Durante esse período, foram realizadas atividades educacionais sobre o câncer de mama, além do estabelecimento do registro e da trajetória de pacientes residentes nessa localidade.

Projeto Aceleração Fase 2

Objetivo Geral: Diminuir a mortalidade do câncer de mama por meio da redução da apresentação em avanços avançados (III e IV).

Objetivo Principal: Diminuir o intervalo de tempo entre a suspeita e o tratamento do câncer de mama, atualmente de 6 a 8 meses, para menos de 3 meses.

No contexto brasileiro, a biópsia de lesão mamária e o laudo histopatológico representam gargalos no diagnóstico e início do tratamento do câncer de mama em tempo hábil. A proposta inovadora do Projeto Aceleração visa reduzir esses obstáculos, melhorando os resultados dessa doença que afeta tantas vidas.

A continuidade do projeto concentra-se em capacitar profissionais da Atenção Básica de Saúde na realização de ultrassonografia e biópsia de lesões mamárias palpáveis ​​suspeitas no local de atendimento. A rapidez e precisão na obtenção do laudo histopatológico são elementos-chave para acelerar o diagnóstico, retardando o tempo até o início do tratamento e, consequentemente, reduzindo a mortalidade por câncer de mama.

A estratégia do projeto é deslocar o foco da ênfase atual no rastreamento mamográfico para a implementação de um diagnóstico precoce, através de uma abordagem baseada em recursos adequados. O objetivo é prevenir um número significativo de mortes por câncer de mama, mudando a realidade atual.

Prêmio do Fundo de Incentivo à Pesquisa (FIP) da SBOC

O reconhecimento e a premiação do Projeto Aceleração, no Fundo de Incentivo à Pesquisa (FIP) da SBOC, representam um marco significativo no cenário das pesquisas oncológicas no Brasil e no esforço contínuo para enfrentar o câncer de mama no Brasil, promovendo a inovação e o avanço na abordagem dessa doença complexa. A importância do Instituto Projeto Cura como co-realizador desse projeto, destaca-se como um apoiador inicial importante, para o sucesso e impacto positivo dessa iniciativa.

O Prêmio FIP-SBOC destaca não apenas a qualidade da pesquisa, mas também o impacto direto na vida dos pacientes, sinalizando um futuro mais esperançoso no cenário oncológico brasileiro e a atuação do Instituto Projeto Cura junto ao projeto, evidencia seu compromisso com a promoção da pesquisa oncológica no Brasil, sendo que, a parceria entre o Dr. José Bines e o Instituto Projeto Cura destaca a importante colaboração entre profissionais e instituições, engajadas em avanços no tratamento do câncer.